Post Top Ad

Web Radio Venus

PUBLICIDADE

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Cais do Sertão promove seminário sobre sociabilidade e diversidade nas quadrilhas

Debates abertos ao público acontecem no canal do museu no YouTube na quinta e sexta-feira, 25 e 26 de junho

Recife, 22 de junho de 2020 – Nos últimos anos, as quadrilhas juninas têm chamado a atenção de pesquisadores das ciências humanas e das artes. A festa e dança, que movimentam toda a cadeira artística e produtiva, são responsáveis por promover a interação entre os diversos gêneros que compõem a sociedade. Com a missão de refletir sobre a vivência dessa arte, o Centro Cultural Cais do Sertão, o Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFPE e o Observatório de Museus e Patrimônios Culturais (Observamus) promovem, nos dias 25 e 26, o seminário Sociabilidades e Diversidade na Experiência Festiva. A iniciativa conta ainda com o apoio da Federação de Quadrilhas Juninas de Pernambuco – Fequajupe.

Durante os dois dias do evento, pesquisadores de vários Estados e artistas das quadrilhas juninas de Pernambuco vão refletir sobre gênero, sexualidade, gestão e integração, em três lives no Google Meet e transmitido simultaneamente no canal do YouTube do Cais. Todas as mesas terão duas horas e meia de duração, e a ideia é provocar novos fluxos na produção do conhecimento sobre as festividades locais.

Serão três momentos de discussão, sendo um no primeiro dia, das 16h as 18h30, e no segundo dia, no mesmo horário e também pela manhã, das 10h as 12h30. “Este ano, o São João será comemorado em casa, devido à pandemia, e uma das formas de viver a essa festividade é refletir sobre a sua  importância na formação da nossa sociedade e cultura. As quadrilhas juninas são um caminho que tem ajudado na formação de novos profissionais para a dança, a produção cultural e as artes cênicas, indo muito além do caráter meramente lúdico da festa”, reflete o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

A primeira mesa, nesta quinta-feira (25), vai contemplar “A experiência festiva das quadrilhas juninas: sociabilidades, interação, produção de coletividades e identidades em fluxo”. Ela será mediada pelo antropólogo, pesquisador e gestor cultural Eduardo Sarmento, da UFPE, que vai comandar o bate-papo com os professores do Programa de Pós-Graduação em Antropologia (UFPE)  Luciana Chianca e Hugo Menezes. O doutorando em Sociologia da Universidade Federal do Ceará Thiago de Castro também participa do debate, que vai abordar a funcionalidade das festas juninas e as quadrilhas como lugares privilegiados de produção de sociabilidades específicas, de relações e vínculos sociais e de grupos. A interlocução acontece das 16h às 18h30.

Já na sexta-feira (26), os internautas vão poder acompanhar duas rodas de conversa. A primeira, das 10h às 12h30, dá voz aos quadrilheiros e artistas sobre “Gênero e sexualidade na experiência quadrilheira LGBTQI+”. Mediada pelo educador do Cais do Sertão Perácio Gondim, a conversa reúne os quadrilheiros Fábio Andrade (Quadrilha Junina Lumiar), Mel de Carvalho (Quadrilha Junina Zabumba), Stephany Araújo (Quadrilha Junina Dona Matuta) e Marcone Costa (diretor da Quadrilha Junina Tradição).

O segundo turno do debate, das 16h às 18h30, prioriza os “Estudos sobre a gestão da diversidade nas quadrilhas juninas”, sob a mediação do historiador Mário Ribeiro (UPE). Participam Rafael Noleto (UFPE), Hayeska Barroso (UnB) e Liana Queiroz (UFPE).

Programação:

25/06 – 16h às 18h30
Mesa 1: A experiência festiva das quadrilhas juninas: sociabilidades, interação, produção de coletividades e identidades em fluxo.
Facilitadores: Luciana Chianca, Thiago de Castro e Hugo Menezes
Mediação: Eduardo Sarmento (PPGA/UFPE)

26/06 – 10h às 12h30
Mesa 2: Gênero e sexualidade na experiência quadrilheira LGBTQI+
Facilitadores: Fábio Andrade, Mel de Carvalho, Stephany Araújo e Marcone Costa
Mediação: Perácio Gondim (Museu Cais do Sertão)

26/06 – 16h às 18h30
Mesa 3 – Estudos sobre a gestão da diversidade nas quadrilhas juninas
Facilitadores: Rafael Noleto, Hayeska Barroso e Liana Queiroz
Mediação: Mário Ribeiro

SECRETARIA DE TURISMO E LAZER DE PERNAMBUCO

Fonte :Didi Galvão 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translator