Post Top Ad

Radio Web São Sebastião

PUBLICIDADE

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

setembro 30, 2019

Teori e Eduardo sabotados?

Em meio à bombástica repercussão da revelação de Rodrigo Janot, de que mataria Gilmar Mendes e depois cometeria suicídio, Francisco Zavascki, filho do ex-ministro Teori Zavascki, postou nas redes sociais: “E ainda querem me convencer que o avião caiu por acidente”.
Logo foi entendido que o seu pai, morto na queda que o levava a Parati, em janeiro de 2017, pode ser sido vítima de sabotagem armada por alguém inserido neste lamaçal que contamina a Corte de Justiça Suprema do País.
À propósito, em outras circunstâncias e universos diferentes, é possível levantar suspeitas também sobre a trágica morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB), um dia após a célebre frase “Não vamos desistir do Brasil”, em entrevista ao vivo no JN?
O advogado Antônio Campos, irmão de Eduardo, acha que sim e vai procurar o Procurador-Geral da República, Augusto Aras, para pedir a reabertura das investigações em cima do inquérito, segundo ele, eivado de falhas.
setembro 30, 2019

Witzel pede fechamento de fronteira com Bolívia, Colômbia e Paraguai

Após a morte da menina Ágatha, atingida por uma bala no Complexo do Alemão, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel pediu a Organização das Nações Unidas (ONU) o fechamento das fronteiras do Brasil com Bolívia, Colômbia e Paraguai. Ele atribuiu ao tráfico de armas e drogas os homicídios ocorridos no Rio de Janeiro e afirmou que as drogas e armas chegam desses países.

Witzel disse ter convidado o ministro da Justiça, Sérgio Moro, a recorrer com ele à ONU contra os três países, mas, sem resposta até agora, poderá sozinho buscar a ajuda. "Tentei que o ministro (Sérgio) Moro viesse comigo.
 
 Estou aguardando. Mas se não vier, vamos sozinhos, porque o Estado do Rio de Janeiro vai fazer o seu trabalho", afirmou, ao Estadão, em entrevista durante o festival de música Rock in Rio. "O próprio Conselho de Segurança da ONU pode tomar essa decisão, de retaliar o Paraguai, a Bolívia e a Colômbia no que diz respeito às armas", acrescentou.

A menina Ágatha Vitória Sales Félix, de 8 anos, foi morta quando voltava para casa com a mãe, na noite de sexta-feira (20), no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. A criança estava dentro de uma Kombi, por volta das 21h30, quando foi baleada nas costas. A principal suspeita é que o tiro foi disparado por um policial militar. (Via: Agência Brasil)
setembro 30, 2019

Transportes escolares do município de Floresta estão parados por falta de pagamento, vereador PH Lira lamenta que alunos estejam sendo transportados em "carroça de burro" em Nazaré do Pico

Na manhã desta segunda-feira dia (30) o vereador Pedro Henrique Lira recebeu a lamentável notícia que os transportes escolares do município de Floresta, no Sertão pernambucano, responsáveis por levar os alunos da zona rural às escolas estão PARADOS POR FALTA DE PAGAMENTO. 

"Ainda mais triste foi ver uma foto de alguns alunos do distrito de Nazaré do Pico, chegando a escola em "carroça de burro" – meio de locomoção ainda comum na nossa região, mas totalmente sem segurança. Essa foi a maneira que alguns encontraram para que não perdessem suas aulas, mas a maioria nem dessa forma conseguiu chegar. 

Entristece e revolta que nosso município tenha infelizmente chegado a essa situação. Estudantes perdendo aulas, funcionários que trabalham mas não recebem seus salários. 

A educação de nossas crianças e jovens não deve ser tratada com tanto descaso. Que futuro teremos se nossos jovens não podem chegar às escolas? É prioridade e direto garantido que todos tenham acesso aos serviços públicos.

Peço que as autoridades – Gestão Municipal e Secretaria de Educação, resolvam em caráter de urgência esse problema vergonhoso. NOSSA POPULAÇÃO MERECE RESPEITO"! Enfatizou PH Lira.

FONTE: O Povo com a Notícia

sábado, 28 de setembro de 2019

setembro 28, 2019

Primeiro dia de Rock In Rio gera 34 toneladas de lixo

Público do festival ainda precisou lidar com dificuldades no trânsito e problemas de iluminação no Palco Mundo

 Trabalhadores da Comlurb no Rock In Rio 2019 -

O primeiro dia de Rock In Rio foi de festa, trânsito, toneladas de lixo recolhidas e problemas com luz no Palco Mundo. Os shows de Alok, Bebe Rexha, Ellie Goulding e Drake levantaram a plateia e abriram com tudo o festival que vai até dia 6 de outubro. Mesmo assim, algumas situações fora e dentro da Cidade do Rock incomodaram parte do público.

Na parte interna, relatos de lixo espalhado foram comuns. É como diz a estudante de Comunicação Visual Design Júlia Custódio, de 22 anos. Ela conta que precisou andar muito para encontrar lixeiras e, ao achá-las, se incomodou com a sinalização, que as dividiam entre resíduos orgânicos e recicláveis com apenas um adesivo.

De acordo com a Comlurb, foram recolhidas na área interna 31 toneladas de resíduos, com 18,2 toneladas de orgânicos e 12,8 toneladas de recicláveis. Na externa, a companhia coletou 3 toneladas de resíduos, um total de 34 toneladas. Se somadas as 12,5 toneladas recolhidas no evento-teste do dia 24 de setembro, já são um total 46,5 toneladas, sendo 29,7 de orgânicos e 16,8 de recicláveis.

Já na área externa, a principal queixa foi transporte. O congestionamento na cidade, gerado pelo RIR, chegou a 215 km por volta das 18h30, 14 km a mais do que a média das últimas três sextas-feiras. Com a interdição da Av. Abelardo Bueno e outros importantes acessos à região da Cidade do Rock, na Barra da Tijuca, o melhor jeito era utilizar o BRT, que também contou com impasses.

Usuários diários do transporte protestaram por cerca de duas horas no Terminal Jardim Oceânico porque, de acordo com os passageiros, os articulados especiais para o Rock In Rio tomaram o lugar dos ônibus comuns.

Até dia 6, cerca de 60 mil pessoas devem passar diariamente pela Cidade do Rock. A CET-Rio mantém a operação especial de trânsito, que fecha as principais vias ao entorno do Parque Olímpico a partir das 13h e só reabre às 6h. Sobre o lixo, a expectativa é reduzir a quantidade de material recolhido, que na última edição, contabilizou 117 toneladas no primeiro fim de semana de evento.

Luz com problemas

O encerramento da primeira noite do super festival ficou por conta do rapper canadense Drake. Há poucos minutos de começar o show, o artista informou a organização do Rock In Rio que, devido a chuva e problemas com a iluminação, não permitiria que a apresentação fosse transmitida. Para evitar um buraco na programação, o canal Multishow exibiu um show da Rihanna, cantora pop e ex-namorada de Drake.

Pessoas que ficaram longe do palco relataram que viram apenas a silhueta de Drake, algo que nem os telões principais conseguiram compensar. Apesar de tudo muito escuro, Júlia, fã assumida do rapper, afirma que “o show foi muito bom”.

“Eu sou muito fã do Drake, para mim foi um show maravilhoso. A questão da luz me incomodou no início, mas superei. Ele estava muito emocionado, falava muito com o público a cada música”, relembra.

Após o show, o rapper se pronunciou sobre o cancelamento da transmissão. Ele pediu desculpas pelo ocorrido e disse que o palco foi afetado pela chuva. Drake ainda deixou aberta uma possibilidade de volta ao Brasil ao dizer “voltarei para mais”.
A festa continua
O Rock In Rio continua neste sábado. A partir das 18h, CPM 22 sobe no Palco Mundo ao lado do Raimundos para abrir a noite de celebração dos anos 1990.
 
 Completam a festa Tenacious D, com o irreverente Jack Black, Weezer, comandada por Rivers Cuomo, e Foo Fighters, com o vocalista Dave Grohl, ex-Nirvana. No Palco Sunset, o destaque é para o som pesado de Detonautas, que ganha a companhia do Pavilhão 9, grupo de rap de São Paulo.
Fonte O DIA

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

setembro 27, 2019

Um visitante nada bem vindo...

Dentro do CTI cirúrgico do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no oitavo andar do prédio que fica no Fundão, uma ratazana passeia tranquilamente entre os pacientes e equipamentos...

 Uma ratazana apareceu no CTI cirúrgico do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no Fundão -

Rio - Ora, ora, ora... Seria cômico, se não fosse trágico.

Dentro do CTI cirúrgico do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no oitavo andar do prédio que fica no Fundão, uma ratazana passeia tranquilamente entre os pacientes e equipamentos...

Os funcionários e pacientes dizem que a “visita” do bicho não é um fato isolado, como pode acontecer na minha ou na sua casa, mas acontece sempre.. Há uma infestação de ratos no local!

Com essa situação a gente só constata o que tá cansado de falar: Os nossos hospitais estão uma verdadeira lixeira! Abandonados, sucateados, sem o mínimo de asseio por parte daqueles que deveriam se preocupar com o bem-estar do povo!

Não é a primeira vez que acontece. Além disso, é goteira quando chove, é lixo hospitalar que não é descartado corretamente, causando riscos aos que estão ali trabalhando ou internados, é falta de luz pra manter os aparelhos ligados... Se eu começar a enumerar os problemas dos Hospitais do Rio de Janeiro, eu não acabo hoje!

Agora pensa comigo: Se não olham com atenção a infraestrutura de um local que cuida da saúde, imagina se vão olhar pros pacientes? É surreal...

A direção do hospital disse que a última vistoria da Vigilância Sanitária aconteceu no dia 30 do mês passado e que vai reforçar a dedetização e desratização dos andares infestados.

Não dá pra vacilar, né gente? Saúde pública não pode ser bagunça! Bora aproveitar e começar a se livrar de muita ratazana poderosa por aí?

3,2,1... É DEDO NA CARA!
PINGO NO I

Foi aprovado na ALERJ o Projeto de Lei que pode trazer de volta ao Maracanã a famosa “Geral”.

O objetivo dos deputados é de que ao menos 8 mil lugares sejam criados com esta mudança. E o valor do ingresso, mais barato.

Isso de fato é ótimo para os torcedores de menor renda, que não conseguem comprar um ingresso nos valores atuais.

Mas pensando cá com os meus botões...

Para esta mudança, obras serão feitas. Muito dinheiro vai ter que rolar nessa história... Quem vai pagar essa conta? Com o Estado na crise que se encontra, isso vai sangrar no bolso de quem? A gente espera que não seja da população!

Não é mais fácil deixar as cadeiras que já estão lá, dando conforto às torcidas, e abaixar o valor de todos os ingressos? Soa um pouco demagogia, pura ilusão.

Bora colocar o pingo no i...

Cuidado! Às vezes, o barato acaba saindo caro demais...
TÁ ROCK!

Começa hoje o Rock in Rio. Serão sete dias de muita música e a vibe lá em cima!

A gente sabe que o evento movimenta a cidade, gera renda e também empregos. Para que o evento aconteça todos esses dias, são mais de 25 mil pessoas trabalhando. A expectativa é que o impacto econômico seja de mais de 1,7 bilhão para os cofres da cidade.

Mas o evento vai além de todos esses detalhes técnicos... O Rock In Rio mexe com a auto-estima do carioca. É muito bom ver o sorriso, a alegria daqueles que estão curtindo, mas também daqueles que estão empregados. Do público que vê, mesmo que apenas por uma semana, a cidade funcionar. Seria bom demais se tudo acontecesse assim o ano inteiro, né?

Transporte eficiente, serviços de qualidade... O povo merece esse carinho sempre! Essa é a missão.

Por isso, se você me perguntou se tá feio ou tá bonito.. Você pode até não gostar dos eventos que acontecem no Rio. Mas pelo menos torça pra que deem certo, né? Não custa nada.
Fonte O DIA
setembro 27, 2019

Qual o seu sonho? Criança realiza desejo de conhecer cemitério e bomba nas redes sociais

Luanna Souza -
Rio - A pequena Luana Souza, de 6 anos, realizou um sonho um tanto quanto inusitado nesta quarta-feira. A moradora de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, foi ao cemitério pela primeira vez. O registro do desejo excêntrico foi compartilhado pela irmã da menina, Laura Lima, 18 anos, no Twitter, e não demorou muito para que a garotinha viralizasse nas redes sociais.

"O sonho da minha irmã era ir no cemitério, e minha mãe ainda leva", escreveu Laura, no tweet que já tinha mais de 91 mil curtidas e quase 18 mil compartilhamentos até o início da tarde desta quinta-feira.

Ana Carolina Souza, 38 anos, mãe da menina, revela que o desejo da filha surgiu a partir da curiosidade após a morte do avó dela, há um ano. "A gente não levou a Luana no velório, nem no sepultamento. Mas ela acompanhou todos os comentários e assuntos sobre isso. Ela começou a manifestar a vontade de ir a um cemitério e perguntava se ia encontrar o vovô quando chegasse", diz a técnica de enfermagem."Eu dizia que meu sogro tinha virado estrelinha, mas ela me pedia para levá-la até um cemitério. Eu dizia que ia levar, mas eu nunca levei muito a sério", completa.
 
Ontem, no entanto, após a filha sair chorosa da escola, Ana Carolina decidiu levá-lá até o cemitério do bairro. "Luana comemorou muito", lembra a mãe. "Foi engraçado porque ela já chegou querendo tirar fotos. Eu disse 'calma, porque não é comum tirar fotos no cemitério'. Ela ficou maravilhada, me perguntou os nomes que estavam no túmulos, fez pose em frente e eu fotografei. Foi tudo muito divertido pra ela."
O viral na internet veio depois da técnica em enfermagem mandar as fotos e os vídeos para Laura. "Nem imaginava de postar essas fotos. Ia ficar como um arquivo mesmo", diz.A irmã conta que postou primeiro no WhatsApp e as amigas a incentivaram compartilhar na outra rede social. "Não achei que ia dar essa repercussão toda, não. Achei que ia ser só uma coisa engraçadinha e pronto. Estou surpresa", afirma.

Luana aventureira

Segundo Ana Carolina, a filha gosta de assistir filmes de terror e "Anabelle" é o favorito da pequena. "Ela não tem medo", destaca. "O pai da Luana faz voo livre lá na Pedra da Gávea, na Zona Sul, e minha filha sempre diz que quer voar com o pai. 
 
Ele também é diretor de um moto clube e ela gosta de acompanhar, mas ainda não tem idade para ir na garupa. Ela gosta dessas coisas com caveiras, coisas meio diferentes para crianças."O dia a dia de Luana, no entanto, não é diferente de outras crianças. "Ela estuda durante o dia e faz aula de ginástica olímpica. Minha filha é muito divertida, curiosa e gosta muito de conversar. É uma criança muito amada", completa a mãe.

Memes nas redes sociais

A foto de Luana ganhou vários memes e a mãe diz que tem se divertido o que tem visto na web. "Já vi alguns absurdos, mas só estou levando em consideração os engraçados."
Fonte O DIA

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

setembro 26, 2019

Seis homens que pretendiam assaltar bancos e carros-fortes na Bahia são mortos em confronto com a polícia

Seis suspeitos que pretendiam atacar bancos e carros-fortes no Sudoeste da Bahia foram mortos em confronto com a polícia nesta quarta-feira (25), em Minas Gerais. Outros seis conseguiram fugir na ação.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a ocorrência foi iniciada há uma semana quando o grupo passou a ser monitorado pela polícia. Equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Litoral Norte, com suporte da Polícia Federal, seguiram o grupo por cidades baianas.

Nesta quarta, em Encruzilhada, divisa com Minas, os policiais fizeram aproximação e houve confronto. A quadrilha conseguiu fugir para o estado vizinho e foi perseguida. Ainda segundo a SSP-BA, já na zona rural do município mineiro de Padre Carvalho houve nova troca de tiros entre criminosos e forças de segurança.

Após o confronto, os criminosos Levi Nunes de Araújo, 39 anos, Valmir Silva Lemos, 34, José Mendes de Sá, 36, e outros três ainda não identificados acabaram feridos e não resistiram. O restante do grupo fugiu por um matagal.

Com os criminosos, foram apreendidos quatro fuzis calibre 7,62 e 5,56, cerca de 100 explosivos, 1.123 munições, entre elas algumas para fuzil russo modelo AK 47 e metralhadora antiaérea calibre 50, detonadores, estopins, coletes balísticos, três pistolas calibres 9mm e 40, carregadores, quatro veículos modelos Duster Oroch, Onix, Ka e Crossfox, além de capuzes, luvas e R$ 864 em espécie.


Fonte: O Povo com a Notícia

terça-feira, 24 de setembro de 2019

setembro 24, 2019

Adolescente de 17 anos é assassinada a tiros no Agreste de Pernambuco


Uma jovem de 17 anos foi morta tiros no início da noite dessa segunda-feira (23), no município de de Camocim de São Félix, no Agreste de Pernambuco.

Segundo testemunhas, Dartaniele Emanuela Shelda Silva estava na frente da casa onde morava com algumas amigas, quando um veículo não identificado parou e um suspeito atirou várias vezes contra a jovem.

Familiares chegaram a socorrer e levar a adolescente para a Unidade Mista Nossa Senhora do Bom Parto, mas não resistiu aos ferimentos.

#UmaPorUma

A violência contra a mulher é constante e frequentemente acaba em tragédia. Existe uma história para contar por trás de cada feminicídio, em Pernambuco.
 
 O especial Uma por uma contou todas. Em 2018, o projeto mapeou  onde as mataram, as motivações do crime, acompanharam a investigação e cobraram a punição dos culpados. 
 
Um banco de dados virtual, com os perfis de vítimas e agressores, além dos trágicos relatos que extrapolam a fotografia da cena do crime. Confira o especial Uma por Uma AQUI. (Via: Jc Online)
setembro 24, 2019

Sertão: Operação da PM e PF erradica mais de 6 mil pés de maconha em ilhas do Rio São Francisco

Nesta segunda-feira dia (23), em mais uma operação conjunta das policias Militar e Federal erradicou um plantio de maconha em ilhas do Rio São Francisco, na Zona Rural de Orocó, no Sertão de Pernambuco. 

Segundo informações da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (2ª CIPM), 6.324 pés de maconha foram erradicados e ainda apreendidas 100 gramas de sementes.

Ainda de acordo com a polícia, toda droga foi erradicada e incinerada no local e uma amostra entregue na delegacia de Polícia Federal de Salgueiro.

Fonte : O Povo com a Notícia

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

setembro 23, 2019

Justiça de Pernambuco leiloa sítios e fazenda em Bodocó na próxima quarta-feira (25)

Dois sítios e uma fazenda de Bodocó serão leiloados na próxima quarta-feira, 25, por determinação do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Os participantes podem dar lances até as 11h pelo site JD Leilões, sob a responsabilidade do leiloeiro José David de Melo.

Os potenciais compradores devem fazer cadastro prévio no referido site e enviar a documentação necessária em até 24 horas antes do leilão eletrônico. Isso evita problemas na liberação do acesso.

Um dos sítios tem lance mínimo de R$ 25.987,50. O outro, a partir de R$ 42.273,00. A fazenda de 174 hectares pode ser adquirida com lance mínimo de R$ 143.500,00.
 Os valores poderão ser parcelados com entrada de 25% e o restante em até 30 vezes. (Por Alvinho Patriota)
setembro 23, 2019

Idoso comete suicídio por enforcamento em Ouricuri

O idoso das iniciais M.J.S.F, 67 anos de idade foi encontrado no último sábado (21) pendurado por uma carda em uma árvore no Sítio Bodes, zona rural de Ouricuri. 

Próximo ao corpo foi encontrado uma substância tóxica (veneno).
A polícia militar foi acionada ao local, onde fizeram o isolamento da área do ocorrido até a chegada do Instituto de Criminalista (IC).
Fonte Cariri Filho
setembro 23, 2019

Motociclista tem perna esmagada por caminhão na Ponte Presidente Dutra

Um homem ficou gravemente ferido depois de ser atropelado por um caminhão na Ponte Presidente Dutra, entre Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), madrugada de ontem (22).

O Blog não conseguiu informações sobre a identidade da vítima. De acordo com informações, o homem pilotava uma motocicleta quando foi surpreendido pelo veículo de carga. A vítima teve uma das pernas esmagada pelo caminhão. Não há informações sobre seu estado de saúde.

 Ponte Presidente Dutra. (Foto: Duda Oliveira/Blog do Carlos Britto)

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

setembro 19, 2019

PF faz operações mirando líder do governo no senado; Defesa questiona investigações

A Polícia Federal iniciou uma operação no Congresso Nacional na manhã desta quinta-feira (19) com mandados de busca e apreensão que têm como principal alvo o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do governo do presidente Jair Bolsonaro no Senado.

O cumprimento dos mandados, autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF), se baseia em inquérito que apura irregularidades em obras da transposição do Rio São Francisco no período em que Bezerra foi ministro da Integração, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Até a última atualização desta reportagem, a PF não havia informado quantos mandados haviam sido expedidos nem havia detalhado as denúncias investigadas.

Por meio de nota, o advogado de Bezerra Coelho, André Callegari, afirmou que as medidas se referem a “fatos pretéritos” e que a justificativa seria “a atuação política e combativa do senador“.

Causa estranheza à defesa do senador Fernando Bezerra Coelho que medidas cautelares sejam decretadas em razão de fatos pretéritos que não guardam qualquer razão de contemporaneidade com o objeto da investigação. 

A única justificativa do pedido seria em razão da atuação política e combativa do senador contra determinados interesses dos órgãos de persecução penal“, diz a defesa.
Fernando Filho
Callegari, que também atua na defesa do deputado Fernando Filho, enviou nota à imprensa questionando as ações da PF referentes ao seu cliente.

 “Causa estranheza à defesa do deputado Fernando Filho que medidas cautelares sejam decretadas em razão de fatos pretéritos sem contemporaneidade e que não guardariam hoje qualquer justificativa com o objeto da investigação.

 A defesa ainda não teve acesso ao pedido e à decisão do ministro que autorizou as medidas, mas pode afirmar que as medidas são desnecessárias e extemporâneas”, frisou. (Fonte: G1/TV Globo)

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

setembro 18, 2019

INSS deve arcar com afastamento de mulher ameaçada de violência doméstica

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a partir de agora, deve arcar com o afastamento da mulher que for vítima de violência doméstica, seja ela física ou psicológica.
 
 A decisão é do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e, de acordo com o relator, ministro Rogerio Schietti Cruz, essas situações ofendem a integridade física ou psicológica da vítima e são equiparáveis à enfermidade da segurada, o que justifica o direito ao auxílio-doença.

Foi decidido também que o juiz da vara especializada em violência doméstica e familiar – e, na falta deste, o juízo criminal – é competente para julgar o pedido de manutenção do vínculo trabalhista, por até seis meses, em razão de afastamento do trabalho da vítima. 
 
A justificativa do relator é que a Constituição prevê que a assistência social será prestada a quem dela precisar, independentemente de contribuição.

O STJ afirmou, ainda, que a manutenção do vínculo de emprego é uma das medidas protetivas que o juiz pode tomar em favor da mulher vítima de violência, mas, como destacou o ministro Rogerio Schietti, a lei não determinou a quem cabe o ônus do afastamento – se seria responsabilidade do empregador ou do INSS – nem esclareceu se é um caso de suspensão ou de interrupção do contrato de trabalho. (Via: Agência Brasil)
setembro 18, 2019

Agricultor morre após sofrer acidente de moto, no Sertão de Pernambuco

Um agricultor morreu na terça-feira (17) após sofrer um acidente de moto no sítio Lagoinha, na Zona Rural de Araripina, no Sertão de Pernambuco.
 
 De acordo com a 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (9ª CIPM), Claudemir Soares Machado, de 29 anos, pilotava uma motocicleta quando bateu em um carro. A vítima morreu no local.

Segundo informações da polícia ao G1 Petrolina, o motorista do carro fugiu do local. Os veículos envolvidos no acidente foram conduzidos a delegacia de Polícia Civil de Araripina.

  Fonte O Povo com a Notícia

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

setembro 16, 2019

Imagens fortes: Filha divulga vídeo em rede social e aponta descaso no atendimento que teria levado à morte da mãe no HRJ

Uma idosa morreu no Hospital Regional de Juazeiro-BA (HRJ) e a filha dela, Fátima Santos, divulgou as imagens em seu perfil no Facebook. O vídeo, publicado na tarde deste domingo (15), logo após o óbito, mostra Fátima desesperada, denunciando problemas no atendimento na unidade. “Ela estava desde ontem cansada, e vocês estão massageando ela em cima de um colchão… Era para ela está na UTI… Cadê o médico desse hospital?” grita ela, descendo as escadas correndo.

 Na legenda do vídeo (imagens fortes/assistam abaixo), Fátima relatou sua indignação e disse que não pôde se despedir da mãe, Joana da Conceição Santos, de 77 anos. “Indignação, essa é a palavra que tenho agora. Minha mãe acaba de falecer por negligência médica no Hospital Regional de Juazeiro. Infelizmente, não cheguei a tempo de me despedir da minha mãe. Só encontro essa cena, minha mãe em cima de uma cama de enfermaria”, diz Fátima. “Não tinha um médico, alguém tem que se responsabilizar por essa morte“, diz.

Em outra publicação, Fátima divulgou uma foto ao lado da mãe, ainda viva, onde as duas aparecem sorridentes.
Mãe…Minha Veinha. É assim vc estará sempre no meu coração com sua alegria e amor por todos, vc foi muito guerreira, sempre fez tudo por nós, infelizmente não resistiu ao descaso da saúde pública, ficamos muito tristes por sua partida, mas sabemos que vc estará em um bom lugar, pq sempre foi uma mulher, uma mãe e uma avó maravilhosa. Que Deus ilumine a sua partida e conforte a sua chegada. A saudade sempre irá existir“, diz a publicação.
Revolta
Milhares de pessoas já assistiram ao vídeo e comentaram o caso. A este Blog, Fátima disse que não vai se calar. “Estou revoltada com o descaso da saúde pública, mais precisamente desse hospital. Diante da cena que presenciei, sai desesperada atrás de um médico. Já falaram para eu apagar a postagem, mas não vou apagar, isso tem que ser divulgado. Estou em Itamotinga, recebendo o corpo da minha mãe, local onde ela morava“, relata.

Fátima explicou que sua mãe deu entrada no HRJ, ontem, com gastroenterite, diarreia e vômito. “Ela estava com programação de alta pra hoje, deambulando, verbalizando, se alimentando bem, porém começou a sentir dor abdominal. Hoje pela manhã a médica a avaliou e disse que estava estável e saiu, não passou o caso pro médico da urgência“, afirma. O Blog solicitou um posicionamento da assessoria do hospital e aguarda resposta.
Fonte  carlosbritto
setembro 16, 2019

Ouricuri: Santuário de Frei Damião do Araripe ganha novo portal de entrada

A comunidade católica de Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe, se reuniu na tarde de domingo (15) para festejar a inauguração e entrega do portal de entrada do Santuário de Frei Damião do Araripe, um grande passo para o turismo religioso da região.

O portal de entrada do santuário conta com dois portões – um para pedestre e outro para veículos -, uma área de calçamento e uma grande estrutura que se tornou a identidade do local religioso. 

Centenas de devotos se uniram aos frades para festejar a abertura do portão principal. No local foi realizado um momento de oração junto às autoridades políticas do município, entre estas o deputado estadual Antonio Fernando, 0 prefeito Ricardo Ramos, empresários, vereadores e representantes da sociedade.

O reitor do santuário, Frei Maninho, falou da grande conquista. “Essa entrada é uma identidade desse lugar, sem contar que agora podemos fechar os portões à noite e ter mais segurança e mais organização.

 Continuaremos lutando por mais obras, por mais recursos para dar continuação a esse projeto tão grandioso” disse. Após a inauguração, houve procissão até à capela do santuário e a santa missa. (Fonte: Portal do Araripe)

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

setembro 12, 2019

TST proíbe juiz de homologar acordo parcial entre empregado e patrão

O TST (Tribunal Superior do Trabalho) decidiu pela primeira vez contra a chamada homologação parcial de um acordo extrajudicial. A modalidade permite ao trabalhador aceitar apenas parte do acordo com o empregador.

O instrumento foi criado pela reforma trabalhista de 2017 para evitar o acúmulo de processos. O acordo extrajudicial é feito entre empregador e empregado para pôr fim ao contrato de trabalho sem deixar pendência financeira.

Satisfeitas as partes, o acerto impede que o trabalhador entre com outra ação, apresentando novos questionamentos. Um juiz, no entanto, precisa homologar o acordo.

Segundo a 4ª Turma do TST, ao avaliar um recurso sobre o tema nesta quarta-feira (11), um magistrado não pode fazer a homologação parcial — ratificar apenas parte do acordo, caso não considere válidos alguns itens, mesmo quando empregador e empregado tenham se entendido.

Pela decisão, o magistrado deve validar ou recursar integralmente o acordo.

Uma homologação parcial permitiria ao trabalhador, por exemplo, mesmo com o acordo extrajudicial avalizado pela Justiça do Trabalho, entrar posteriormente com uma ação trabalhista.

Acórdão relatado pelo ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho muda entendimento de primeira instância e do TRT-2 (Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo).

O caso concreto envolve uma trabalhadora e uma empresa do setor farmacêutico.

A corte regional afirma que esse acerto “não se reveste de validade”. De acordo com o TRT-2, foi apontada apenas uma quantia global de indenização. Teria faltado, portanto, segundo o tribunal paulista, a especificação de cada verba.

O TRT-2 diz que o Código de Processo Civil estabelece que o “juiz não é obrigado a observar critério de legalidade estrita, podendo adotar em cada caso a solução que considerar mais conveniente e oportuna”.

O tribunal negou a quitação geral e irrestrita do contrato de trabalho e manteve a decisão de primeira instância pela homologação parcial.

Para Gandra, esse entendimento vai contra a reforma trabalhista do governo Michel Temer (MDB).

“Estando presentes os requisitos gerais do negócio jurídico e os específicos preconizados pela lei trabalhista, não há de se questionar a vontade das partes envolvidas e o mérito do acordado”, escreve.

Gandra foi seguido por unanimidade na 4ª Turma. Os ministros Guilherme Caputo Bastos e Alexandre Luiz Ramos apoiaram o entendimento do relator do caso no TST. Ainda cabe recurso.

Segundo o acórdão, da leitura dos artigos alterados pela reforma trabalhista, “extrai-se a vocação prioritária dos acordos extrajudiciais para regular a rescisão contratual e, portanto, o fim da relação contratual de trabalho”.

Gandra critica, na decisão, uma homologação parcial por prejudicar uma das partes —no caso, o empregador.

“A atuação do Judiciário na tarefa de jurisdição voluntária [acordo extrajudicial] é binária: homologar, ou não, o acordo. Não lhe é dado substituir-se às partes [empregado ou empresa] e homologar parcialmente o acordo”, afirma.

De acordo com o ministro, “sem a quitação geral [total], o empregador não proporia o acordo nem se disporia a manter todas as vantagens nele contidas”.

A decisão defende o princípio da boa-fé na celebração de acordos. Destaca ainda a valorização dos princípios da simplicidade, celeridade e redução da litigiosidade.

Após a reforma trabalhista de Temer, o número de acordos extrajudiciais teve alta expressiva, segundo dados da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho, ligada ao TST. Em contrapartida, caiu a quantidade de novas ações.

Nos 12 meses encerrados em julho deste ano, foram homologados 49.569 acordos extrajudiciais. Nos 12 meses anteriores à reforma, foram 2.356. O crescimento é de 2.003%.

Os novos processos em primeira instância nos mesmos períodos correspondentes registraram queda de 33,7%, de acordo com os dados do TST. Nos intervalos, passaram de 2,7 milhões para 1,8 milhão.

Apesar de rejeitar a homologação parcial, Gandra escreve que o juiz não é “mero chancelador de requerimentos a ele apresentados”.

Justiça do Trabalho em números
49.569 acordos extrajudiciais foram homologados na Justiça do Trabalho nos 12 meses encerrados em julho deste ano.
2.356 acordos extrajudiciais foram homologados nos 12 meses anteriores à reforma trabalhista, em vigor desde novembro de 2017.
2.003% é o crescimento do número de acordos extrajudiciais homologados na Justiça.


Via: Folhapress

Translator