Post Top Ad

Radio Web São Sebastião

PUBLICIDADE

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Mulher descobriu pela Internet morte da irmã na chacina de Belford Roxo

Ataque em bar no município da Baixada Fluminense deixou quatro mortos e 13 feridos

 Fabrine Regiane Marques foi uma das quatro vítimas fatais da chacina -

Rio - 'Foi um choque'! Assim Fernanda Marques definiu o momento em que ficou sabendo pela Internet sobre a morte da irmã, Fabrine Regiane Marques, de 25 anos. A jovem foi uma das vítimas fatais da chacina que aconteceu Belford Roxo, na noite deste sábado.
"Fiquei sabendo pela Internet. Postaram uma foto dela morta, aí eu a reconheci. Foi um choque. Ela tinha saído para se divertir e aconteceu isso", lamentou Fernanda, dizendo que a irmã tinha quatro filhos, o mais novo de apenas oito meses de idade.
 Fabrien foi uma das quatro mortas no ataque ao bar Rei do Peixe, por volta das 21h de ontem, no município da Baixada Fluminense. Outras 19 pessoas ficaram feridas. 
 
Crime aconteceu na noite deste sábado - Luciano Belford / Agência O Dia
PRIMEIRA VEZ NO BAR

Os outros mortos são o músico Jorge Vitor, da banda Nosso Grupo, que fazia um show no local e Elaine Menezes, 36.
 
De acordo com familiares, Elaine já era frequentadora do bar e, na noite deste sábado, levou a mãe pela primeira vez ao estabelecimento: "Era um local familiar, tanto que minha irmã estava com ela. Ela ia sempre lá", afirmou Paulo Angelo Ramos Junior, 34, irmão de Elaine.
Rio de Janeiro 30/06/2019 - O bar Rei do Peixe, fechado apos chacina que deixou 11 feridos e 4 mortos na noite de sabado em Belford Roxo. Foto: Luciano Belford/Agencia O Dia - Luciano Belford/Agência O Dia
'PESSOAS APAVORADAS'
Segundo a Polícia Militar, o ataque ao bar aconteceu após homens encapuzados descerem de um carro branco e atirarem contra o estabelecimento. Os alvos deles seriam um miliciano da região. Após os disparos, eles teriam fugido em direção ao Posto 13, em Nova Iguaçu.
 
"Ouvi os tiros, fiquei assustada e me preocupei porque sabia que tinha parentes meus no bar. Assim que o barulho parou, corri para o local e quando cheguei lá me deparei com uma cena horrível. As pessoas estavam apavoradas", contou um familiar de uma das vítimas, que não quis ser identificada.
Fonte Por ALINE CAVALCANTE e JENIFER ALVES*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translator