Post Top Ad

Web Radio Venus

PUBLICIDADE

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Professor que denunciou corrupção é executado a tiros em Igarapé-Açu




Um professor de sociologia foi assassinado na tarde deste domingo (27), no município de Igarapé-Açu, nordeste paraense. Ele estava em frente à sua residência quando foi atingido com um tiro na nuca disparado por ocupantes de um carro.

A vítima é Paulo Henrique Sousa, 42, figura proeminente nas denúncias sobre a situação precária na educação e na saúde da cidade.

 Após ser atingido pelo tiro, Paulo chegou ainda a ser resgatado por uma ambulância do Samu e transferido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Castanhal, mas não resisitiu aos ferimentos e veio a óbito.

A suspeita dos familiares é que Paulo Henrique tenha sido executado por estar a frente de uma série de denúncias contra supostas irregularidades na gestão da saúde pública em Igarapé-Açu.

O professor registrou na delegacia local as ameaças que vinha recebendo e também chegou a publicar textos em seu perfil no Facebook (abaixo alguns) fazendo referências a supostas ameaças. 

Segundo seus familiares, não resta dúvidas de que Paulo foi assassinado por seu comprometimento com a luta contra a corrupção.

 A Polícia Civil ainda não confirma quaisquer versões e irá investigar o caso.

Fonte Didi Galvão 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Translator